sexta-feira, 15 de setembro de 2017

1° evento sobre prevenção ao suicídio será realizado em Capim Grosso, com o tema: Sempre há uma saída

Setembro amarelo é um movimento mundial que objetiva conscientizar a população sobre a realidade do Suicídio e mostrar que existem prevenções. Todos os anos veem crescendo os casos de suicídios.

De acordo as Organização Mundial de Saúde, morrem por suicídio o equivalente de 800 mil pessoas por ano, uma proporção de uma morte a cada 40 segundos. Este é um dado importantíssimo que se faz presente como um problema de saúde pública. Por tal relevância o Núcleo de Iniciação a Pesquisa, Pós- Graduação e Extensão – NIPPE em conjunto com alunos do curso de Serviço Social da Faculdade de Ciências Educacionais – FCG estamos convidando a todos para participarem no dia 28/10/2017, às 19:hs do 1° Evento sobre prevenção ao suicido, realizado no Munícipio de Capim Grosso, com o Tema: “Sempre há uma saída “.

É com grande satisfação a realização de uma MESA REDONDA com a participação de profissionais com experiência na área de saúde mental, médico psiquiatra Doutor Antônio Guilherme, especialista na área e veem atuando a alguns anos pela região, nos CAPS dos municípios de Mairi, Capim Grosso, Serrolândia, Quixabeira, entre outros.

A psicóloga e Assistente Social Alexsandra Fernandes, Mestre na área de Gestão em Políticas Públicas e Segurança Social, atuou alguns anos com saúde mental no CAPS de Mairi, atualmente se encontra como coordenadora do NIPPE, docente da FCG e psicóloga do Programa DST/HIV/AIDS de Feira de Santana. Teremos também a participação indispensável do Assistente Social Fernando Brito, atualmente diretor da rede de Atenção Psicossocial de Capim Grosso, coordenador e docente do curso de Serviço Social da FCG, tem experiência como Assistente Social na secretaria de assistência social do município de Itaete, chefe do programa do bolsa família no Munícipio de Capim Grosso, outro profissional respeitável é a participação do advogado Doutor Agnaldo Oliveira, que irá explanar aspectos relevantes sobre as condições jurídica que envolvem o suicídio, haverá também a participação de convidados com relatos de experiências e abordagens. 


Contamos com a presença de todos.

Texto da coordenadora do NIPPE - Alexsandra Fernandes.

domingo, 19 de março de 2017

Processo de aprendizagem

Resultado de imagem para aprendendoAtualmente estamos vivendo uma tempestade de conhecimentos que vem proporcionando um aumento nas áreas de estudos. Com o surgimento desta proposta percebe-se o desenvolvimento no mercado de trabalho, consequentemente melhorias nos campos profissionais. Por conta deste fenômeno, é visto a importância de compreender aspectos responsáveis pelo processo de aprendizagem.


O estudar, nos leva a diferentes ideias, proporciona a construir novos conhecimentos e despertar o “desejo” de fazer a diferença.  E com tantas possibilidades de estudar, o mercado de trabalho, apesar do seu desenvolvimento, vem se tornando um ambiente escasso para inserir tamanhas proporções de pessoas profissionalizadas.
Deste modo, com tantas pessoas capacitadas e com o déficit de inserção profissional no campo de trabalho, surge um grupo organizado em prol não somente de uma realização profissional, mais primeiramente a efetivação da sua segurança financeira, este grupo é chamado, os concurseiros, são pessoas que se preparam (estudam) para “passar” num concurso, aquele que venha proporcionar um sentimento de segurança econômica para toda vida.
“A busca pela segurança econômica atrelada pelos benefícios dos concursos”.
Resultado de imagem para concurseirosCom o elevado número de concurseiros , cresce a formulação de novos métodos e técnicas de aprendizagem, inúmeras formas didáticas que seguem passos específicos, baseados em teóricos da aprendizagem, podendo assim realizar uma avalição de como se encontrar seus processos cognitivos, estas praticas se preocupam quais as melhores formas de se aprender num olhar didático, contudo, muitos são os fatores que influenciam neste processo.
Foi com este objetivo que escrevi este texto, para esclarecer o leitor concurseiro, que antes de se posicionar para estudar, primeiramente precisa compreender como o mesmo reagem as suas características pessoais dentro do processo de aprendizagem. Muitos conflitos psicológicos e emocionais são relatados por concurseiros, muitos demostram ter conhecimento do como estudar, de técnicas importantes e indispensáveis, mais poucos olham para si mesmo e reconhecem suas potencialidades ou fragilidades, a verdade que as pessoas não têm o interesse de se perceber e nem saber se isso o influenciara.
Diversos são os casos de pessoas que se capacitam para realizar seu “sonho” de ser concursado, e diante de alguns desafios individuais, familiares ou econômicos veem suas expectativas passarem de “sonhos transformados em frustrações”.
Resultado de imagem para positivamente ou negativamente para tomar decisoesPodem existir diversos motivos que levem a dificuldades no processo de aprendizagem. Contudo, para todo processo de aprendizagem, se torna indispensável uma investigação nos aspectos da subjetividade e da personalidade, compreender suas características as quais podem potencializar positivamente ou negativamente as tomadas de decisões.
Estudar é muito mais que seguir regras, é preciso compreender como você responde as diversas formas de aprendizado, é cria uma conscientização e aceitação da sua trajetória nos estudos.
“o que você pensa sobre você, representa o que você é, e isso determinara aquilo que você será”.
DICAS DE REFLEXÃO!
Eu tenho boa autoestima?
Eu me sinto capaz?
Eu tenho equilíbrio emocional?
Qual o meu nível cognitivo?
Quais as minhas características positiva e negativas nos meus estudos?
Eu me posiciono verdadeiramente frente ao meu objetivo, ou tento me enganar?

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Depressão endógena e exógena



Precisamos  compreender  que a depressão se define em dois aspectos,  depressão  endógena e depressão exógena. 






Depressão endógena  é   uma disfunção  fisiológica,  uma desordem nos componentes químicos do corpo , sendo indispensável a terapia medicamentosa e a psicoterapia .










Já a Depressão  exógena  refere aos sintomas que surgem decorrente  de problema  externos,  como, lutos,  conflitos por problemas específicos,  nesse caso  é  preciso iniciarmos com a terapia medicamentosa e psicoterapia, sendo que, no processo do acompanhamento  é ralizado a retirada da medicação aos poucos, porque durante a psicoterapia o sujeito desenvolve a capacidade de ressignificacão, a aceitação e conseqüentemente a superação. 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Aprender é ressignificar a vida todos os dias


A palavra ressignificar significa você conseguir atribuir um novo significado as situações, e isso se torna fundamental, já que vivemos numa geração de mudanças de visão de mundo. 
A cada dia surgem novos conceitos, novos modelos de comportamentos que influencia diretamente nossas vidas em todos os aspectos, principalmente no social.

A todo instante vivemos experiências que acabam nos condicionando a construirmos novos comportamentos, muitas vezes podem ir de encontro a valores, desejos e sonhos, mais, contudo demonstram serem importantes para o seu bem estar.
" Toda mudança de alguma forma tem um impacto de medo, ansiedade ou expectativa, mais é necessária para evoluirmos, para podermos aprender e crescer. " 


" Aprender é ressignificar a vida todos os dias "...

                                                                                                 Alexsandra Fernandes

AUTOESTIMA

A principal fonte de conhecimento que nos impulsiona a buscarmos o caminho que devemos percorrer na trajetória de nossas vidas, é a descoberta primeiramente sobre nós mesmos.
O interesse em nos preocuparmos com o nosso “eu” proporciona o entendimento de quem somos, possibilitando o aprendizado e a conscientização de nossos pontos fracos e  dos nossos pontos fortes.